ESTE BLOG PRETENDE ABORDAR OS DIVERSOS TEMAS RELACIONADOS À SAÚDE DE FORMA SIMPLES, DIRETA E ABRANGENTE.

29/11/2009

PARA QUE LADO CORRER?

Esta cada vez mais difícil procurar um serviço público ou privado de saúde de forma emergencial, os prontos socorros cada vez mais lotados, e os médicos psicologicamente despreparados, tornam tudo ainda mais difícil.

A saúde pública chegou ao seu nível de boom há muito tempo, onde os usuários somente procuram praticamente quando não tem mais como contornar de outra forma.
A saúde privada cito em nível de “pronto socorro”, tem sido vista como uma fábrica de atestados médicos, como a procura por esse serviço é muito grande, e para fins pouco éticos, os próprios médicos tem tratado pacientes com sintomas mais “simples”, de forma displicente gerando complicações futuras.


3 comentários:

  1. Cara amiga jeane, Temos a Constituição Federal, a Lei maior de nosso país, assegura que: "Saúde é direito de todos e dever do Estado". Significa que todos, acometidos de qualquer doença, inclusive câncer
    têm direito a tratamento pelos órgãos de assistência médica mantidos pela União, pelos Estados e pelos Municípios.
    O tratamento compreende: consultas, remédios, cirurgias, exames,laboratoriais, tomografias, raio X, ultra-sonografias, radioterapia,
    quimioterapia, etc.
    O tratamento deve ser realizado pelo SUS (Sistema Único de Saúde)setor Público
    totalmente custeado pelo Estado. Importante é esclarecer que o SUS é mantido por todos nós brasileiros, por que todos nós pagamos impostos.
    Devemos exigir que o Estado dê a todos os doentes o melhor tratamento,
    com o uso dos mais atualizados meios médicos e científicos existentes.

    A população deveria excluir o Setor Privado, acredito que não haveria tanto descaso na Saude Publica nos dias de hoje .

    Muito obrigada pela sua colaboração!
    Abraços

    ResponderExcluir
  2. Primeiramente agradeço a honra do seu post no nosso blog.
    Essa situação é realmente preocupante, devido a "algumas pessoas" irem ao médico apenas atrás de um atestado, o atendimento esta banalizado tanto no público como no privado, além de encarecer os planos privados.
    Lilian
    Quando uma pessoa que realmente esta precisando de um atendimento mais minucioso chega no Pronto Socorro os médicos já falam não vou atestar o dia, isso é um desrespeito para quem está doente, não pelo atestado, mas sim pela simples desconfiança, porém a vida é assim, um efeito cascata por causa de uns os outros pagam.

    ResponderExcluir
  3. Fico com essa sensação de não possuir alternativas quando preciso usar a rede de saúde da Região Oeste da Grande SP, pois em alguns hospitais e clinicas privados que já fui a demora no atendimento e a superlotação é praticamente a mesma da rede pública.

    ResponderExcluir